Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

É complicado ver alguem que se ama tornar-se uma pessoa quase completamente diferente no espaço de um mês, aproximadamente, já fez um ano que isso aconteceu e até hoje vivemos com as consequências da nossa desatenção.

 

Os sinais são de certa forma fáceis e dificeis de se identificar mas, como em quase todas as doenças mentais, os sintomas são de certa forma diferentes de pessoa para pessoa, mas isso não é desculpa e a familia não se sente melhor quando nos dizem isso,

 

Ele sempre foi uma criança sensivel por assim dizer, sempre sentiu ciumes dos irmãos, vivia constatemente ligado á sua mãe, objecto da sua adoração até hoje, e dizia que o pai não gostava dele, mas no entanto apesar de sinais tão claros da possivel existência de uma doença do foro mental, nós não demos por isso e num simples dia, a sua vida modou radicalmete e nós nada podemos fazer senão olhar, rezar e esperar que ele voltasse daquele mundo para onde ele viajou por uns tempos.

 

O tempo passou e ele de facto voltou, mas nunca mais foi o mesmo, a adoração que sentia pela sua mãe tornou-se numa obcessão e apresenta claros sintomas do complexo de Édipo, e muitas vezes comporta-se como uma criança de 12 anos de idade ao invés do adolescente que é.

 

É de facto muito complicado mas infelizmente pouco posso fazer para o ajudar, e infelizmente suspeito que a sua familia não compreeende a seriedade da doença que ele apresenta, mas também compreendo aquilo por que passam todos os dias e que o pouco que podem fazer pelo seu filho, é caro e muito incerto e depende de muitod factores. E hoje tive a confirmação das minhas infelizes suspeitas quando ouvi "não tenham muitas experanças". Ele nunca mais vai ser o que era.



publicado por Marco às 04:27 | link do post | comentar

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

 

Os dias lindos são a antecipeção da Primavera.



publicado por Marco às 15:38 | link do post | comentar

Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Enquanto as nações do mundo discutem e comparam quem tem, não tem, haverá de ter ou anda se supeita que têm armas de destruição massiça, ignoram que de facto já todas elas a pussuem á muito tempo, a bela da caneta.

 

A simples e bela caneta é desde cedo apresentada aos nossos dedos, e hoje em dia poucos são aqueles que comseguem passar um dia sem ela, miúdos de 6 anos começam a formar as suas primeiras palavras nas escolas de todo o mundo tornando-a num elemento fundamental no nosso espaço de trabalho, e muitas vezes um instrumento terâpeutico ou até mesmo uma amiga dos corações partidos e solitários.

 

Para além de simples e económica, na maior parte dos casos, a caneta apresente um poder destrutivo sem igual, com um simples rabisco dizima populações inteiras da face do planeta e com a capacidade de destruir uma espécie inteira num espaço de segundos.

 

Mas não nos podemos esquecer que acima de tudo, a caneta, é uma arma contra tudo e contra todos! que tem de ser usada com extrema precaução. É a arma dos poetas contra as inquietações da alma e a arma predileta dos presidentes uns contra os outros. O poder destrutivo de cada uma das suas munições ultrapassa a dor física tornando-se numa autêntica destruidora de almas alheias ao seu puder destrutivo.



publicado por Marco às 21:24 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Devido á minha frequência neste novo semestre sabático, gap year, ano sem fazer um cú ou whatever, posso dizer que tenho algum tempo, (entre estudos para os malditos exames nacionais que vão decidir a minha vida daqui a uns quantos meses) eu tenho algum tempo para "analizar" o que passa nos nossos canais de televisão.

 

Bom, esta análise é mais relativa á TvCabo, visto que os nossos simples quatro canais de televisão típicamente portuguesa são, na minha opinião,  uma bela treta.

 

Eu não sei quantas pessoas  realmente perdem o seu tempo a ver o canal cabo "Zone Reality", para além de mim (está na hora de arranjar uma vida social mais activa), mas quele canal é como dizem os Retis, "muito medo", quem é que tem a ideia de fazer um programa sobre a vida social de umas quantas mulheres de Nova York, com quem elas andam a noite, com quantas pessoas elas andam a sair ao mesmo tempo, persomal favorite!, e quantas babozeiras conseguem dizer em menos de um minuto. Sinceramente não sei qual é a finalidade daquele programa, se é para mostrar como é que é que se combina um primeiro encontro, ou como é que é a "dating sceane" como eles chamam para o povo em geral, não podiam estar mais errados.

 

Já o facto de eu estar a perder o meu tempo a escrever sobre este programa, já é preocupante por isso vou parar de teclar e comessar a estudar. Oh! e também há aquele programa chamado "Haunted Houses" que. Ups! acho que está mesmo na hora de eu acabar de escrever sobre isto.


sinto-me Cabolizado

publicado por Marco às 16:01 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

Há já algum tempo que alguns demónios estavam a surgir e a ganhar terreno dentro de mim. Demónios como a solidão, tristeza, frustração e obsessão.

 

Mas os meus amores perfeitos têm sempre a resposta para tudo, um sorriso, uma piada e uma energia que repele qualquer demónio interno, vocês fazem-me ver a luz ao fim do túnel e fazem-me compreeender que a luz sou eu! Eu é que sou a solução para os meus próprios problemas e tenho a capacidade e determinação para fazer aquilo que realmente quero.

 

Eu aconselho viamente que toda a gente encontre os seus ou seu repelente de demónios, por são muito melhores que comprimidos e inda por cima estão a distância de uma mensagem.


sinto-me repelado

publicado por Marco às 21:27 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

...

Mentiras ou mentirinhas

Encontro à filme

Cansado e todos os seus s...

De perguisoso a workaholi...

E assim se passou 1 ano!

...

Circuncisão reduz risco d...

Tão importantes e nada pe...

Independente.

arquivos

Dezembro 2010

Junho 2010

Dezembro 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Maio 2008

Abril 2008